Você está aqui: Página Inicial / ESTAÇÃO CLIMATOLÓGICA PRINCIPAL DE MARINGÁ

ESTAÇÃO CLIMATOLÓGICA PRINCIPAL DE MARINGÁ

Estação Climatológica Principal de Maringá (ECPM)

Histórico

 

       A Estação Climatológica Principal de Maringá (ECPM) foi fundada a partir de um Acordo de Cooperação Técnica (ACT - Processo n° 01674/1978, v. 1) estabelecido entre a Universidade Estadual de Maringá (UEM) e o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Acordo este idealizado pelo professor Dr. Emílio Eugênio Niéce, do Departamento de Geografia, posteriormente homenageado pela Resolução n° 023/2005 do Conselho Universitário (COU), que designou o nome do docente à ECPM.

 

Vista panorâmica da ECPM

   

      A ECPM e outras quatrocentas estações convencionais instaladas no país são administradas pelo INMET, órgão que representa o Brasil perante a Organização Meteorológica Mundial (OMM). No país, há ainda dez distritos regionais que recebem os dados meteorológicos, realizam as previsões do tempo para a suas áreas de jurisdição e enviam para a sede, localizada em Brasília - DF. A sede, portanto, divulga as informações repassadas pelos distritos e as transmite para Washington (EUA), um dos três Centros Meteorológicos Mundiais.

     Nesta hierarquia, portanto, a ECPM pertence ao 8º Distrito de Meteorologia (DISME), situado em Porto Alegre (RS), no qual é feita a previsão do tempo para os estados da região Sul do Brasil, com base nos dados de todas as estações. Esse produto é gerado a partir das informações meteorológicas remetidas por todas as estações do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, pertencentes ou conveniadas ao INMET.

      Os registros meteorológicos ocorrem em horários-padrão, estabelecidos pela OMM, que são 12, 18 e 24 do Tempo Médio de Greenwich (TMG), que correspondem, respectivamente, às 9h, 15h e 21h, no horário oficial de Brasília. Logo, todos os observadores das estações vinculadas à rede OMM executam ao mesmo tempo os boletins meteorológicos.

       A denominação “Estação Climatológica Principal” justifica-se pelo fato desta ser completa, ou seja, por meio de seus instrumentos são mensurados os elementos necessários para a previsão do tempo e aos estudos climatológicos. Tais elementos referem-se a temperatura do ar, velocidade e direção do vento, umidade relativa do ar, radiação solar, nebulosidade, precipitação, pressão atmosférica, entre outros.

       A UEM possui um banco de dados meteorológicos composto pelos boletins e pelos registros horários, efetuados durante o horário de funcionamento da Estação. Esta última atividade consiste na chamada “marcha horária”, que disponibiliza aos pesquisadores, docentes, acadêmicos e profissionais da UEM e outras instituições, uma série história de 37 anos, que permite compreender e analisar o tempo e o clima de Maringá.

      Em síntese, a Estação oferece materiais e informações climatológicas para diversos segmentos sociais, tais como setores públicos e privados, a exemplo da Defesa Civil, da Prefeitura Municipal, de escolas , universidades e empresas nos mais diversos ramos de atividade.

       Além do registro manual realizado pelos observadores, desde 2006 foi instalada uma estação automática no mesmo espaço onde se encontra a estação convencional, cujos dados dos últimos 90 dias são disponibilizados na página do INMET, no seguinte endereço eletrônico: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=estacoes/estacoesAutomaticasPara obter mais informações técnicas sobre as estações automáticas, acesse também a página: http://www.inmet.gov.br/portal/css/content/topo_iframe/pdf/Nota_Tecnica-Rede_estacoes_INMET.pdf.

        Pertencer à rede de estações do INMET significa atender a padrões e normas internacionais que se referem a parâmetros de construção, manuseio e disposição adequada dos instrumentos e suas calibrações, além de um processo rígido na rotina de coleta dos dados. Significa também ter a importância e o reconhecimento por possuir uma série histórica de dados meteorológicos que podem ser utilizados nos mais diversos estudos e pesquisas, os quais se destinam tanto à previsão do tempo atmosférico, quanto ao entendimento da variabilidade e dos padrões climáticos da região de Maringá, do Brasil e do mundo.

 

Instrumentos instalados na ECPM:

Área cercada:

1) Abrigo meteorológico

a) Psicrômetro (Termômetro de bulbo seco + Termômetro de bulbo úmido)

b) Termômetro de máxima

c) Termômetro de mínima

d) Termo-higrógrafo

e) Evaporímetro de Piché

2) Bateria de geotermômetros

3) Cata-vento de Wild

4) Evapotranspirômetro

5) Pluviômetro

6) Pluviógrafo

7) Tanques de evaporação Classe A

8) Sensores da Estação Automática

 

Escritório:

1) Barógrafo

2) Barômetro

3) Anemógrafo

 

Mirante da Estação:

1) Heliógrafo

2) Piranógrafo

3) Anemômetro de concha  

 

Equipe (UEM/INMET):

Prof. Dr. Leandro Zandonadi Coordenador administrativo da ECPM
Prof.ª Dra. Cíntia Minaki Coordenadora científica da ECPM
Cleber Carneiro de Souza Observador meteorológico
Edson Carlos Martins Observador meteorológico
Isabel Barbosa dos Anjos Observadora meteorológica
José Luiz de Carvalho Observador meteorológico
Marilene Avancini Observadora meteorológica
Messias Leandro Observador meteorológico

 

Acesso aos dados da Estação

- Comunidade interna da UEM: encaminhar CI ao DGE, informando nome do interessado, departamento ou setor a que pertence, especificar o(s) elemento(s) climático(s), o período (série histórica), a periodicidade (dado diário, mensal, anual, média, soma etc.), e a finalidade do uso das informações solicitadas.

- Comunidade externa: contato via telefone ou pessoalmente na Estação.

 

OBS - Ao usuário destes dados, solicita-se citar sempre a fonte: “Fonte: Dados da ECPM/INMET”.

    

Contato e localização

  

Telefones: (44) 3011 1360/ 3011 4290

Endereço: Avenida Colombo, 5790, Bloco 001, Maringá - Paraná

Vista panorâmica da ECPM

Vista panorâmica da ECPM
Imagem no tamanho completo: 503 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download