Você está aqui: Página Inicial / Dissertações / 2007 / Resumo Darlan Christiano Kroth

Resumo Darlan Christiano Kroth

Resumo Darlan Christiano Kroth

O objetivo principal do presente trabalho é mensurar de forma dinâmica a contribuição dos capitais humano e físico, sobre o produto municipal per capita dos municípios da Região Sul do Brasil para o período de 1999 a 2004. Neste aspecto, o trabalho inova em dois pontos em relação à literatura revisada. A primeira consiste na construção de duas variáveis: capital humano e variação no estoque de capital físico. Para o capital humano, utilizou-se a metodologia proposta por Koman e Marin (1999) e por Laroche e Merette (2000), tendo como base de dados a RAIS (2006). Para o capital físico, adotamos como proxies o nível de investimento privado - através de empréstimos para investimentos do setor bancário, fornecido pelo BACEN (2005), em associação com os investimentos públicos, através de dados de investimento em capital nos municípios (considerando estes gastos nas três esferas: municipal, estadual e federal), fornecidos pelo Tesouro Nacional (2006). Uma importante fonte de investimento privado, a de recursos próprios, infelizmente não foi considerada, mas se suas variações seguirem as mesmas que estão sendo realizadas através do setor financeiro, então a implicação desta variável omitida será muito pequena. Portanto, são consideradas as duas principais fontes de investimentos, público e privada, de cada município da região Sul, ainda que de forma indireta. A segunda inovação refere-se ao emprego da metodologia econométrica, dados de painéis dinâmicos, por meio da técnica de Blundell e Bond (1998a), que faz uso do método GMM (Generalized Method of Moments). Esse método possibilita resolver o problema de causalidade reversa existente nos estudos econométricos convencionais, bem como captar os efeitos de possíveis variáveis omitidas. Os principais resultados referem-se à influência positiva e significante do capital humano e do investimento público em capital físico sobre o produto per capita municipal, sendo que o capital humano exerceu a maior influência no produto per capita dos municípios do sul do Brasil no período. Por outro lado, o crédito bancário para investimento não se apresentou como sendo significante na amostra de municípios considerada.

Para mais informações e trabalho completo, clique aqui.

« Novembro 2020 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
UA-106127954-1