Você está aqui: Página Inicial / Dissertações / 2011 / Resumo Marcela Ribeiro de Albuquerque

Resumo Marcela Ribeiro de Albuquerque

Resumo Marcela Ribeiro de Albuquerque

Esta dissertação tem como objetivo analisar a magnitude da pobreza no Paraná nos anos de 1995 e 2009, com base na perspectiva multidimensional de estudo da pobreza, o que contribui para reenfatizar a necessidade de não limitar a compreensão da pobreza à ausência de renda. Para esse fim, realizou-se a análise empírica da pobreza no Paraná nos anos de 1995 e 2009. Como ferramenta de análise foi obtido o índice de pobreza multidimensional domiciliar, a partir das informações ofertadas pela PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 1995 e 2009. Este índice está em acordo com a metodologia proposta por Barros, Carvalho e Franco (2006), em que se apresenta o Índice de Desenvolvimento da Família (IDF), e o mesmo segue a conceituação de pobreza como a insatisfação das necessidades humanas básicas, a qual restringe o indivíduo para desenvolver e expandir as suas próprias capacitações. Os resultados obtidos a partir do indicador multidimensional de pobreza revelaram uma proporção significativa de pobres entre a população paranaense, de 27,9% em 1995 e 20,4% em 2009. Em termos absolutos a dimensão “demografia” em ambos os anos fora a que apresentara as maiores proporções. Para as análises isoladas das regiões metropolitana, urbana e rural a pobreza fora mais intensa na região rural, em que os indicadores foram sensivelmente maiores, em especial na dimensão “saneamento” e “demografia”. Em uma análise geral, evidenciou-se a ocorrência de profundas reduções do grau de vulnerabilidade dos domicílios analisados, o que implica em melhorias nas condições de vida da população.

« Janeiro 2020 »
Janeiro
DoSeTeQuQuSeSa
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031
UA-106127954-1