Você está aqui: Página Inicial / Dissertações / 2010 / Resumo Rodrigo Gustavo de Souza

Resumo Rodrigo Gustavo de Souza

Resumo Rodrigo Gustavo de Souza

Esta dissertação analisou teórica e empiricamente a relação entre câmbio e preços no Brasil no período de 1999 a 2009. Na parte teórica, destacam-se os canais de transmissão do câmbio para os preços e as duas abordagens que explicam a relação entre essas duas variáveis, quais sejam, a abordagem microeconômica e a macroeconômica. Quanto aos fatores microeconômicos, destaca-se que o pass-through depende dos seguintes fatores: substitubilidade dos bens nacionais e importados, relação entre as firmas domésticas e estrangeiras, estrutura de mercado,  convexidade da curva de demanda, corporações multinacionais e das barreiras não tarifárias. Entretanto o enfoque deste trabalho foi tratar os determinantes macroeconômicos do pass-through. A literatura permite tirar as seguintes
conclusões a respeito de tais determinantes sob o enfoque macroeconômico: 1) O passthrough não é determinado exogenamente, como posto pela literatura tradicional sob um enfoque microeconômico, e é dependente do regime monetário; 2) as variáveis taxa de inflação, grau de abertura, taxa real de câmbio e gap do produto afetam o pass-through e 3) a condução das políticas monetárias e fiscais são extremamente relevantes na determinação do pass-through. Posteriormente, este trabalho buscou fazer uma análise da economia brasileira a partir da implementação do Plano Real, descrevendo a dinâmica entre preços e câmbio. No capítulo metodológico, esta dissertação buscou discutir os principais conceitos a respeito da econometria de séries de tempo. Na parte empírica, estimou-se o coeficiente de repasse no Brasil considerando a existência de uma quebra estrutural no início de 2003. O cálculo do repasse, até 2002, utilizou a metodologia de Vetor de Correção de Erros (VEC), visto que as séries não estacionárias seguiam uma relação de cointegração. Para o segundo período, foram empregadas as metodologias de Vetor Autorregressivo (VAR) e Vetor Autorregressivo Estrutural (SVAR), porque as variáveis, apesar de estacionárias, não apresentaram relações de cointegração. Os resultados indicam que o coeficiente de repasse (pass-through), no período de 1999 a 2002, é significativamente superior ao coeficiente do período de 2003 a 2009. Outro resultado importante é que, ao estimar o pass-through do segundo período, os resultados obtidos utilizando VAR e SVAR são bastante parecidos, dando robustez aos resultados.

Para mais informações e trabalho completo, clique aqui.

« Outubro 2020 »
Outubro
DoSeTeQuQuSeSa
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Próximos Eventos
Anpec Sul 29/10/2020 - 30/10/2020 — Porto Alegre
67th North American Meetings of the Regional Science Association International 11/11/2020 - 14/11/2020 — San Diego, Califórnia
48º Encontro Nacional de Economia Anpec Nacional 08/12/2020 - 11/12/2020 — Basília
Próximos eventos…
UA-106127954-1