Você está aqui: Página Inicial / Teses / 2014 / Resumo José Braz Hercos Junior

Resumo José Braz Hercos Junior

Resumo José Braz Hercos Junior

O “empreendedorismo”, o “conhecimento” e a “inovação” são diferenciais para a competitividade. Neste contexto as Instituições de Ensino Superior (IES) atuam enquanto fonte de difusão. As Empresas Juniores (EJs) constituem-se um mecanismo que auxilia as IES a desenvolver os atributos listados. O objetivo desta pesquisa é identificar e analisar os fatores de gestão que determinam a eficiência nas EJs. Esta pesquisa configura-se como descritiva e explicativa, com enfoque aplicado (prático) e perspectiva quantitativa. A contribuição científica da pesquisa está na adoção de técnicas metodológicas e ao descrever aspectos como: geração de conhecimento, eficiência de EJs e fatores de gestão que as determinam. Esta pesquisa utilizou as seguintes técnicas metodológicas aplicadas a dados disponibilizados pela Brasil Junior (Confederação Brasileira de Empresas Juniores): a) técnica não paramétrica Data Envelopment Analysis (DEA), para avaliar a eficiência técnica relativa das EJs; b) “análise de regressão” e “análise de variância”, para identificar os fatores de gestão que explicam as diferenças de eficiência entre as EJs; e, c) estatística descritiva, para avaliar as EJs por outras perspectivas. A amostra da pesquisa é composta por 52 EJs da área de Ciências Sociais Aplicadas filiadas à Brasil Junior. Os resultados empíricos indicam que as EJs apresentam características em comum, tais como: a) o apoio das IES; b) a atividade principal de capacitação e serviços de consultoria; c) a maioria dos clientes são pessoas físicas, micro e pequenas empresas; d) os participantes das EJs atuam sem remuneração; e, e) o conhecimento é considerado a principal variável utilizada nas atividades de capacitação e nos serviços de consultoria prestados. Com a utilização da Data Envelopment Analysis (DEA), verificou-se que a maioria das EJs está distante de obter a eficiência. Com o intuito de gerar subsídios que favoreçam a eficiência, foram identificados e analisados os fatores de gestão que explicam as diferenças de eficiência entre as EJs, tais como: “participação em eventos”, “capacidade de negociação”, “tempo de mercado”, “ações estratégicas realizadas” e “indicadores estratégicos dentro da meta”.

Para mais informações e trabalho completo, clique aqui.

« Novembro 2019 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Próximos Eventos
47º Encontro Nacional de Economia 10/12/2019 - 13/12/2019 — Escola de Economia de São Paulo FGV
Próximos eventos…
UA-106127954-1