Você está aqui: Página Inicial / Apresentação

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PCS) é vinculado ao Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Maringá. O PCS foi aprovado pela Capes em novembro de 2002 e a primeira turma do Mestrado teve início em março de 2003.

Em agosto de 2009, a Capes aprovou o curso de Doutorado e a primeiro turma teve início em março de 2010.

Atualmente, o PCS conta com 25 docentes permanentes, dos quais 22 em regime de tempo integral e dedicação exclusiva e três voluntários, além de três professores colaboradores.

O PCS é constituído por oito linhas de pesquisa, distribuídas em duas áreas de concentração: "Doenças Infecciosas e Parasitárias" e "Saúde Humana".

Até agosto de 2016, o PCS formou 294 mestres e 31 doutores.

O Programa recebe recursos financeiros (bolsas de estudo e financiamento de projetos) da Capes, do CNPq e da Fundação Araucária.

O PCS foi classificado como nível 5 na última avaliação da Capes (quadriênio 2013-2016).

 

O PCS tem como objetivos:

I - preparar profissionais da área da saúde com habilidades e competências

para o ensino e a pesquisa;

II - formar profissionais criativos e críticos, capacitados a desenvolver, analisar

e interpretar cientificamente dados que interferem no processo saúde-doença;

III - gerar conhecimentos que contribuam para a melhoria da qualidade de vida

do homem.

 

CURSOS: 

MESTRADO

Duração: mínimo: 12 meses; máximo: 24 meses

Créditos: 20 créditos (2 obrigatórios e 18 optativos)

 

DOUTORADO

Duração: mínimo: 24 meses; máximo: 48 meses

Créditos: 30 créditos  

 

Cada crédito teórico equivale a 15 horas e cada crédito prático equivale a 30 horas.

 

PROCESSO DE SELEÇÃO

A seleção de alunos para o Mestrado ocorre anualmente e compreende:

a) Prova escrita envolvendo compreensão e interpretação de texto de literatura científica sobre tema da área da Saúde (eliminatória);

b) Entrevista, na qual serão analisadas a proposta do trabalho, disponibilidade do candidato para exercer as atividades do programa, a expressão oral de ideias e a capacidade de síntese do candidato;

c) Análise de currículo.

A seleção de alunos para o Doutorado ocorre anualmente e por fluxo contínuo, na dependência da disponibilidade de vagas dos orientadores, e compreende:

a) Entrevista, na qual serão analisadas a proposta do trabalho, a disponibilidade do candidato para exercer as atividades do programa, a expressão oral de ideias e a capacidade de síntese do candidato;

b) Apresentação e defesa do projeto de pesquisa a ser desenvolvido;

c) Análise de currículo.