Infraestrutura

O Programa de Pós-Graduação em Geografia da UEM conta com a seguinte infraestrutura física:


LABORATÓRIOS ÁREA (m2)
Laboratório de Sedimentologia e Palinologia (Bloco 24-01) 48,6
Laboratório de Pedologia (Bloco: J-12 – sala: 16) 41,96
Laboratório de Geoprocessamento I (Bloco: J-12 – sala: 04) 44,86
Laboratório de Dinâmicas Territoriais (Bloco: J-12 – sala: 10) 28,10
Laboratório de Biogeodinâmica da Paisagem (Bloco: J-12 – sala:28) 26,15
Estação Climatológica Principal de Maringá (Bloco 001) 79,32
Secretaria/Sala de Coordenação (Bloco: H-12 – sala:18) 27,00
Mini-auditório (Bloco: H-12 – sala:14) 71,63
Sala de estudos (Bloco: J-12 – sala:09) 28,03


Todos os laboratórios estão conectados à internet (rede mundial de computadores) e intranet(servidor da rede estadual de computadores do Estado do Paraná).


Cada laboratório integrado ao Departamento de Geografia mantém um coordenador responsável com as suas normas de funcionamento concatenados com as atividades desenvolvidas no PGE, Além dos professores e alunos regulares do PGE, existem outros usuários que são os alunos de graduação envolvidos em Projetos de Iniciação Científica - PIBIC e PIC, estágio supervisionado do Bacharelado e da Licenciatura, projetos de extensão e de ensino.As atividades desenvolvidas em cada laboratório estão relacionadas com as linhas de pesquisas dos docentes do Programa, a saber:

 

Laboratório de Sedimentologia e Palinologia

Este laboratório oferece suporte para determinação de parâmetros físico e químico das amostras das pesquisas dos mestrandos e dos doutorandos, além dos alunos de iniciação científica e bacharelado em Geografia. É utilizado para a preparação e análise microscópica de secções delgadas de amostras indeformadas de solos e de sedimentos. Além dessas análises são realizadas determinações granulométricas, de carga suspensa, de matéria orgânica, de minerais pesados, de densidade aparente de solos e sedimentos, impregnações de amostras de solos e sedimentos; preparação de lâminas para análises difratométricas, determinações de ácidos húmicos e fulvicos (paleoambiente); reatividade de argila com azul de metileno, ensaio de erodibilidade (absorção de água e perda de peso de massa por imersão) e de infiltração. É também utilizado em aulas práticas das disciplinas do PGE: Geomorfologia e Sedimentologia Fluvial, Avaliação de Impactos sobre o Sistema Fluvial, Análise Estrutural da Cobertura Pedológica e Interpretação Paleoambiental e Paleogeográfica com base em Bioindicadores.

 

 

 

 

GEMA

 

Laboratório de Pedologia

 

Oferece suporte para determinação de parâmetros físicos das amostras dos trabalhos dos mestrandos e dos doutorando além dos alunos de iniciação científica e bacharelado em Geografia. Esse laboratório dispõe de equipamentos para a realização de vários ensaios como: análise granulométrica, Limite de Liquidez (LL), Limite de Plasticidade (LP) e Índice de Plasticidade (IP), densidade de partículas, porosidade total, umidade gravimétrica, umidade volumétrica. Este laboratório é utilizado em aulas práticas das disciplinas do PGE: Solos Tropicais: Gênese e Organização, Métodos e Técnicas de Análises Pedológicas Aplicados aos Estudos Geográficos e Análise Estrutural da Cobertura Pedológica.

 

 

Pedologia

Laboratório de Geoprocessamento

Este laboratório dispõe de equipamentos para análise e interpretação visual de produtos de Sensoriamento Remoto (fotografias aéreas, imagens de satélite e de radar) e Cartografia Digital. Contêm ainda um acervo de fotografias aéreas, imagens de satélite e radar, mapas topográficos de diversas regiões do Brasil e um aparelho de GPS (Global Positioning System). Os microcomputadores (30) são utilizados para as atividades do Geoprocessamento que envolvem o tratamento digital de produtos de Sensoriamento Remoto com a aplicação do programa SPRING e gvSIG1.2; para o tratamento e a edição dos produtos cartográficos e de Sensoriamento Remoto. Vários alunos do curso de mestrado e dos doutorandos, além dos alunos de iniciação científica e bacharelado em Geografia, além das disciplinas do Programa utilizam este laboratório, e são elas: Sensoriamento Remoto e Análise Ambiental, o Estudo dos Climas e suas Relações com o Ambiente, Cartografia Geoambiental, Produção do Espaço e Questão Ambiental no Brasil, Avaliação de Impactos sobre o Sistema Fluvial e Técnicas de Análise Estrutural do Relevo, Cartografia Temática Avançada, Projeto Cartográfico para Cartografia Temática Convencional Interativa.

 

 

 

 

 

Geoprocessamento

Laboratório de Dinâmicas Territoriais

Espaço físico destinado para trabalhos individuais e em grupo com objetivo de congregar pesquisas desenvolvidas pelo Departamento de Geografia e o Programa de Pós-Graduação, na área de Geografia Humana, disponibilizado para professores e alunos do mestrado, do doutorado, de iniciação científica e dos trabalhos de conclusão de curso de bacharelado da graduação em Geografia. As disciplinas do programa que utilizam este laboratório são: Agentes de Mercado Imobiliário e a Verticalização; Produção do Espaço Urbano; Espaço Urbano, Conflitos Sociais e Poder; Estudos Populacionais e Desenvolvimento Regional; Pequenas Cidades, Município e Escala Local; Estado, Políticas Públicas e Estratégias de Desenvolvimento Regional; Teoria e Método em Geografia; Redes Geográficas; Agentes do Mercado Imobiliário e Empreendorismo Urbano; Movimento de Populações: Mecanismos Adaptativos e Consequências Socioambientais em Comunidades Agrícolas Moderna.Espaço efetivamente utilizado por grupos/núcleo de docentes pertencentes à linha de pesquisa Produção do Espaço e Dinâmicas Territoriais, como o Grupo de Estudos Urbanos (GEUR) e o Núcleo de Estudos da Mobilidade e Mobilização (NEMO).

 

 

 

 

Nemo

Laboratório de Biogeodinâmica da Paisagem

Espaço físico preparado para trabalhos individuais e em grupo; têm como objetivo congregar pesquisas desenvolvidas pelo Departamento de Geografia e o Programa de Pós-graduação, especialmente na linha de pesquisa em análise dos aspectos geográficos do meio, disponibilizado para professores e alunos do mestrado e, do doutorado, dos programas de iniciação científica e dos trabalhos de conclusão de curso do bacharelado. A infraestrutura básica é formada com equipamentos específicos para análises biogeográficas e, além de produtos cartográficos diversos relacionados à temática. Este laboratório oferece suporte para as aulas práticas de disciplinas ofertadas pelo PGE, tais como: Biogeografia da América do Sul e Organização da Paisagem; Investigação em Geografia da Saúde: Planejamento Geográfico Aplicado a Ocorrência de Doenças Transmissíveis; Teoria da Paisagem, Geomorfologia Estrutural e Evolução de Paisagem.

 

 

 

Biogeodinamica

Estação Climatológica Principal de Maringá

A Estação Climatológica Principal de Maringá se constitui em um laboratório de pesquisa científica vinculada ao Departamento de Geografia e ao Programa de Pós-Graduação em Geografia da UEM. Essa estação resultou de um acordo de cooperação entre a Universidade Estadual de Maringá (UEM) e o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) efetivado em 1978, que tem se mantido através da constante renovação deste convênio de cooperação. Ela oferece suporte teórico-prático, principalmente à comunidade científica de Maringá e região; possui um banco de dados meteorológicos, digitalizado, com uma série histórica de mais de 30 anos.

Os boletins meteorológicos são realizados três vezes ao dia: às 12, 18 e 24h GTM e imediatamente são repassados para o INMET, via telefone, porém cópias destes boletins são mantidas na estação.

A equipe técnica, treinada, além das observações exigidas pelo instituto efetua coleta/horária de pressão atmosférica, temperatura e umidade do ar para agregar ao banco de dados meteorológicos, e também atendem pesquisadores, visitas guiadas de alunos de pós-graduação, graduação e ensino médio e fundamental. Devido à importância do banco de dados meteorológicos, a diversidade de instrumentos e o espaço disponível a Estação Climatológica se constitui em laboratório para a disciplina: Estudo dos Climas e suas Relações com o Ambiente.

 

 

 

 

 

ECPM

 

 

 

 

Mini-auditório:

Capacidade para 60 lugares, com equipamentos audio-visuais incluindo, micro-computador (1), home theater com DVD (1) e projetor multi-mídia (1);

 

H12

 

Sala de estudos


Com disponibilidade de 6 micro-computadores completos (atualizados), rede de internet e intranet, mesa para reuniões e armários.

Salaestudos

Sala de aula


Com capacidade para trinta alunos, com equipamentos audio-visuais incluindo, micro-computador (1), home theater com DVD (1) e projetor multi-mídia (1)

G56

A Universidade, dispõe de infraestruturas para uso comum dos Programas da Pós-Graduação Strictu-Sensu, como a Biblioteca Central, o Núcleo de Processamento de Dados, Ambulatório Médico e o Complexo de Centrais de Apoio a Pesquisa.